Um IRMÃO, e agora?

Vem aí um irmão. A família está feliz, os pais entusiasmados, mas há que preparar os mais velhos para esta mudança, que tem um grande impacto nas dinâmicas familiares. Os filhos mais velhos, embora contentes, poderão ter receio de perder o amor dos pais, de deixar de ter o seu espaço, de já não serem especiais.

Estas inquietações podem manifestar-se nos irmãos mais velhos durante a gravidez, quando o bebé nasce ou até passado algum tempo.

É importante estar atento e intervir, para que a relação entre os irmãos não seja afetada por estas inseguranças.